sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Inimigos Alpha - 3ª parte

Para comemorar a chegada de 2010, a parte final do artigo sobre os grupos de criaturas em 3D&T Alpha.

Monstro
Todas as criaturas vivas não humanóides que não podem ser classificadas como animais ou dragões, que não são youkais, não são mortos-vivos e não são formados por materia vegetal integram o grupo dos monstros. Ou seja, tudo aquilo que não se encaixa nos demais grupos pode ser enquadrado como monstro.
Monstros sempre possuem habilidades ou características mágicas, sobrenaturais ou simplesmente extraordinárias. Limos e seres amorfos (que não tem uma forma definida) também são considerados monstros. Apesar da conotação cruel nem todos os monstros são malignos. Criaturas de boa índole, mas com habilidade impressionantes, também podem ser incluídas aqui (como os unicórnios e os fofos).
- Inculto. Quase todos os monstros são incultos: possuem a inteligência de um animal, não possuem cultura nem linguagem falada (mas podem se comunicar de outras formas). Mas como acontece com os animais, essa desvantagem não incluencia em nada a sua vida. Existem, entretanto, monstros inteligentes (como os unicórnios e as mantícoras) que podem ter uma cultura desenvolvida ou, algumas vezes, podem até se comunicar.
- Infravisão. A princípio, todos os monstros conseguem enxergar no escuro, e por isso recebem os benefícios do sentido de Infravisão. Há algumas exceções.
- Modelo Especial. A grande maioria dos monstros sofre os efeitos de Modelo Especial, sendo incapazes de utilizar equipamentos que não sejam desenvolvidos especificamente para eles - mas isso não costuma ter qualquer interferência em sua vida, uma vez que não costumam usar equipamentos.
- Limo. Monstros do tipo limo (como o pudim negro e a ameba gigante) são imunes a efeitos de ação mental (geralmente magias da Escola Elemental: espírito) e a venenos. Limos também não costumam ter Infravisão, já que não enxergam de verdade (ao invés disso, costumam ter Radar, sendo capazes de perceber tudo à sua volta através de deslocamento de ar e movimentos).
- Exemplos: Ameba gigante, asa-assassina, asfixor, assustador, basilisco, carrasco de Lena, catoblepas, cocatriz, damaru, devorador do deserto, devorador de ouro, dimmak, eskaravelho, fofo, gondo, górgona, grifo, harpia, horror dos túmulos, kraken, leão de Keenn, mantícora, mastim de Thyatis, meduzóide, megadásipo, monstro da ferrugem, naga, observador, pudim negro, quimera, random, senhor das profundezas, siba gigante, tentacute, tigre-de-Hyninn, trobo, unicórnio.

Morto-Vivo
Os mosrtos-vivos são seres sobrenaturais, como os youkais, mas são sempre formados por energia negativa - todos já tiveram sua chance de vida, mas não encontraram descanso após a morte. Embora eles possam ter pertencido a algum outro grupo quando eram vivos (por exemplo, podem ter sido semi-humanos ou humanóides), os mortos-vivos não possuem mais essas características.
Mortos-vivos possuem todas as características descritas na página 59 do Manual 3D&T Alpha.
- Exemplos: Banshee, corcel das trevas, demônio das sombras, esqueleto, fantasma, ghoul, lich, mago-fantasma, múmia, necrodracos (dragão-esqueleto, dragão-lich, dragão-zumbi), ratos de Tenebra, soldado-morto, vampiro, verme fantasma, zumbi.

Planta
Esse grupo integra um conjunto de criaturas com traços especiais: todos são formados por matéria vegetal ou algo muito parecido. Podem ser incluídas neste grupo as criaturas que realmente sejam plantas (como a grama carnívora), que sejam compostas por matéria vegetal (como golens-árvore), ou que tenham características vegetais ou fungos (como os fungi).
- Visão. A maioria das plantas não possui órgãos especializados para a visão. Essas criaturas geralmente percebem o mundo ao seu redor de outras formas não visuais, como capacidade de detectar movimentos; nestes casos, as criaturas terão o sentido de Radar. As criaturas-planta que tiverem órgãos visuais verdadeiros (como trolls e golens-árvore) conseguem enxergar normalmente em condições de baixa luminosidade, bastando que haja luminosidade mínima para enxergar normalmente.
- Imunidade. Ciaturas planta são imunes a venenos (elas não têm vasos sanguíneos para espalhar o veneno pelo corpo). Criaturas planta não precisam dormir para recuperar as forças (embora algumas usem a noite para realizar fotossíntese), o que as torna imunes a magias e efeitos de Sono. A maioria não possui inteligência (ou tem inteligência rudimentar), por isso também tem imunidade a magias e efeitos de ação mental (da Escola Elemental: espírito).
- Modelo Especial. Quase todas as plantas sofrem os efeitos de Modelo Especial, e por isso são incapazes de utilizar equipamento que não sejam desenvolvidos especificamente para elas - mas isso não costuma ter qualquer interferência em sua vida, uma vez que não costumam usar equipamentos. Algumas criaturas planta podem ter forma humanóide, e neste caso não sofrerão esta penalidade.
- Exemplos: Dionys, ente, fera-cactus, fungi, golens-árvore (galhada, espada-da-floresta e árvore-matilha), grama carnívora, troll (troll do pântano, ghillanin, glacioll, vrakoll, fintroll), urso folhagem.

Semi-Humano
Semi-humanos são, em quase todos os aspectos, iguais aos humanos. As diferenças estão na estatura, traços anatômicos e algumas habilidades especiais. Em alguns casos, os semi-humanos podem até mesmo gerar descendentes com os humanos. Eles não possuem nenhum traço especial.
- Exemplos: Anão, elfo, elfo-do-céu, elfo negro, gnomo, halfling, licantropo (animal), meio-elfo e meio-orc.

Youkai
Youkais são seres sobrenaturais. Estão incluídos neste grupo todos os seres extraplanares (criaturas nativas de um outro Plano, como abissais e celestiais), todas as fadas e outras criaturas altamente mágicas (como as couatl e os gênios), todas as criaturas formadas por um (ou mais) elementos da natureza (como os próprios elementais) e todos os seres metamorfos (capazes de mudar de forma, como os duplos e os licantropos). Seres gerados por pura magia também são considerados youkais.
- Exemplos: Abissal, aggelus, avatar, brownie, celestial, couatl, demônio do espelho, demônio da lama, demônio da miragem, dragonete, dríade, duplo, elemental, enfermeira, fênix, fogo-fátuo, gênios (asura, dao, djinn, div, efreeti, marid), hipogrifo, incubador, licantropos (bestiais e ferais), meio-gênio, neblina-fantasma, nereida, ninfa, pássaro do caos, pégaso, predador dos sonhos, protetor da ordem, sátiro, sprite, sulfure, zangão-do-pesadelo.

2 comentários:

Tiago Oriebir disse...

Gostei desta classificação por "espécies" das criaturas (não se poderia esperar menos de um biólogo! :D); inclusive vou aproveitar alguns traçoes para a criação de um povo-vegetal que venho bolando aqui.

Parabéns!

Daniel "Talude" disse...

Shi Dark adorei os artigos!
Seria legal um PDF com ele ou um novo manual dos mosntros!